Skip links

Como reposicionar a sua marca com estratégia e inteligência?

O reposicionamento da marca acontece geralmente quando há mudanças no mercado, tais como  os resultados financeiros de uma empresa passam por um período negativo, ou também mudanças de público alvo e redefinição de produtos. No universo do Marketing, são estudadas ferramentas que possibilitam auxiliar nesse processo, dentre elas o chamado “Marketing de Varejo” (ou “Retailing Marketing”).
Essa ferramenta é focada na atuação do mercado varejista, fazendo com que o empreendedor analise de fato os 6 Ps do Marketing, que tem seus nomes originado do inglês (Product, Price, Place, Presentation, Promotion, People) ou seja: Produto, Preço, Ponto (localização), Apresentação do local, Comunicação e Atendimento pessoal. O recurso pode ser utilizado tanto para quem está iniciando no mundo do empreendedorismo, como para quem já está inserido. O fator chave é: você está prepado para posicionar ou reposicionar sua marca? Abaixo explicamos de forma simples a importância dessa atitude, que pode ser fator decisivo para a “vida” do seu negócio.

Produto – Você sabe de fato qual produto está oferecendo? 

Obviamente lendo essa pergunta a resposta óbvia que virá em sua mente é: sim. Porém,  olhe profundamente e faça a análise de que, conhecer o produto baseia-se também em reconhecer e saber trabalhar seus pontos fortes e  fracos. Alguns fatores podem ser analisados, tais como: qualidade, eficácia, tipo de embalagem, diversidade, cores, padrão e outros elementos consideráveis.

Preço – O valor agregado ao produto está condizente com a qualidade oferecida? 

Não tenha receio de colocar o preço real no seu produto, desde que logicamente, ele tenha qualidade, eficácia e atenda às necessidades do seu público. Saber o valor do produto ou serviço que está sendo oferecido, não o isenta de flexibilizar seus preços promovendo, por exemplo: descontos, facilidades de pagamento ou até promoções para alavancar suas vendas.

Ponto – O ponto de venda dos seus produtos é adequado?  

Imagine abrir uma sorveteria no Pólo Norte, com frio e neve intenso e número de público reduzido.  O sorvete pode ter um sabor delicioso, a estrutura perfeitamente montada com ambiente agradável, o preço condizente, porém, a escolha do ponto não foi adequada. Claro que esse exemplo foi exagerado, mas o ponto onde você vai abrir seu negócio é um “ponto” importantíssimo à ser analisado. Se não há clientes, não há vendas, se não há vendas, não há faturamento e sem faturamento não há receita para a sobreviência da empresa.

Apresentação – Como está a apresentação do seu negócio? 

A apresentação do seu negócio precisa proporcionar uma experiência positiva para o cliente. Isso engloba várias situações: arquitetura da loja, decoração, iluminação, layout, disposição de produtos e prateleiras, música ambiente e demais interações diferenciadas que julgar atraente tanto para o cliente, como para quem o acompanha no momento da compra

Comunicação  

Bom, você tem um excelente produto, preço justo, ponto de venda estratégico, mas, de que forma isso está sendo comunicado? Que ações de comunicação estão sendo feitas para atingir seu público alvo ou ainda, as ações estão de acordo com esse público? A comunicação pode ser entendida de diversas maneiras, ela pode ser visual, escrita, falada ou não-verbal, bem como a aplicação do marketing, analise seu negócio e utilize-se da ferramenta mais adequada.

Atendimento Pessoal 

Um bom atendimento é gentil, atencioso e focado em satisfazer as necessidades do cliente. É importante entender o que de fato o cliente precisa e não oferecer produtos por tentativa ou forçar uma compra, pois essa ânsia de vender somada a insistência por parte do atendente, pode num  primeiro momento gerar a compra, porém o arrependimento pós-venda ao chegar em casa causará insatisfação do cliente que não voltará mais a comprar na loja e ainda disseminará à sua rede de contatos a experiência negativa vivenciada.

Case Sapati 

A Sapati – Sapataria Inteligente e projeto da SetaDigital, é a primeira loja laboratório do Brasil, criada a partir de 2 anos de pesquisa e desenvolvimento de soluções inovadoras para o varejo calçadista. O projeto que visa a melhoria de processos, pessoas, tecnologias e visual merchandising, utilizou-se dos 6 Ps do marketing, onde foi diagnosticado que a marca precisaria passar por um reposicionamento no mercado. “Esses são os primeiros resultados das nossas ações, e isso nos levou a uma atualização. Estamos reposicionando o público, desde classificação, renda média e marcas a serem compradas, por exemplo”, explica a diretora de marketing do projeto – Ana Carolina Fussiger.
O reposicionamento da Sapati foi possível devido à precisão das informações obtidas por meio do sistema da SetaDigital e aplicação dos 6 Ps do marketing. Dessa forma, a loja laboratório que promete inovar o mercado de calçados, já teve seu primeiro experimento de marketing, mostrando aos empreendedores que é possível transformar determinada dificuldades comuns em potenciais positivos para o seu negócio.

Entre na conversa

Return to top of page