Skip links

4 Soluções que impactam nas vendas da sua loja

Conheça as pequenas mudanças que podem melhorar seus resultados

Quantas decisões na sua gestão estão ligadas a tecnologia?

Todos nós lidamos com situações diárias que, na maioria das vezes, não foram previstas. A lista é grande e, entre elas estão os problemas menores (ou que parecem menores), porém recorrentes. Será que eles têm solução?

Mudanças pequenas podem trazer bons resultados, queremos te ajudar com isso. Listamos quatro soluções simples aqui, nesse blog post, que estão relacionadas a tecnologias e impactam nos resultados das vendas. Vem ver!

A Fila no caixa deixa seu cliente impaciente

O cliente pode levar duas horas para escolher os produtos, mas na hora de pagar, se ele ficar alguns minutos esperando na fila já começa a bater o pezinho, fica inquieto, insatisfeito e, nos piores casos, pode desistir da compra. Nós também somos consumidores e nos comportamos da mesma forma.

Para deixar seu cliente feliz e impressionado com a agilidade do caixa, o PDV precisa ser fácil e rápido, além disso deve possibilitar finalizar as operações em poucos segundos. Os checkout mobile estão em alta, já pensou finalizar a venda com o cliente no lugar que ele estiver?

 

Crediário demorado pode deixar seu cliente ansioso

Contar com ferramentas de análise de crédito dentro do próprio ERP facilita os processos da equipe de crediário que, com o acesso a informações de confiabilidade, poderá automatizar parte do processo de análise e terá mais segurança para analisar a venda, em casos de abertura de conta. O que agiliza todo o processo.

Recursos que mostram, em um único lugar, o resultado de diferentes combinações baseadas em critérios de avaliação de crédito ajudam a diminuir ou equilibrar sua inadimplência.

É importante lembrar que na hora de pagar as parcelas do mês, agilidade também conta e a fila anda.

 

Estoque furado deixa seu cliente frustrado

É terrível quando verdadeiramente nos apaixonamos por um produto, o vendedor diz que tem no estoque e de repente ele volta cabisbaixo dizendo que o estoque está furado, ou que não encontrou o produto.

A prática de inventário de estoque constante pode parecer assustadora, mas é simples de ser implementada quando se tem equipes engajadas, basta planejar e mandar ver.

Aplicativos integrados com o seu sistema são ótimos para fazer a contagem dos produtos e são os aliados da gestão para otimizar o tempo e identificar possíveis “furos”.  Organização e planejamento são essenciais para o sucesso dessa tarefa. Se você está tendo problemas ao inventariar o estoque, confira as nossas dicas de como fazer isso nesse vídeo:

Vender um só produto para dois clientes diferentes é um problemão

Muitas vezes é inviável ter um estoque dedicado ao e-commerce devido ao alto investimento, geralmente são as grandes empresas, com alta capacidade de investimento, que trabalham desta forma.

No varejo de calçados é comum se trabalhar com o estoque das lojas e quando não se tem integração entre o ERP e a plataforma de e-commerce algumas situações podem ocorrer, uma delas é vender o mesmo produto nos dois canais. Como os sistemas não se conversam, o cliente da loja física escolhe o produto, o caixa vende e quando as vendas do e-commerce são consultadas, a surpresa: vendemos o mesmo produto nos dois canais. E agora?

A integração de dados é indicada para lojas que operam online/offline e tem como objetivo facilitar a operação na loja online, sem atrapalhar o processo de vendas na sua loja física. Ao vender o produto na loja física, o estoque é automaticamente atualizado, e o visitante da loja virtual não corre o risco de comprar um produto indisponível no estoque.

A tecnologia que conecta os dados do ERP com a plataforma de e-commerce facilita o cadastro de produtos, a organização e a atualização do estoque em tempo real, entre outros.

Entenda agora a importância da integração de dados, clica aqui

 

E aí, na sua loja, você já enfrentou algum desses problemas? Conta pra gente como a tecnologia ajudou vocês com a solução!

Entre na conversa

Return to top of page